A Internet of Things (IoT) vem sendo considerada um dos principais fatores responsáveis pelas mudanças na forma como a produção e o consumo decorrem no mundo. Nesse sentido, o hardware as a service (HaaS) surgiu, nos últimos anos, em resposta aos novos perfis de consumidores — inclusive no segmento B2B — que se consolidaram no mercado.

Contudo, essa demanda por HaaS no cenário corporativo extrapola a mera adequação das empresas às novas demandas mercadológicas. A sua implantação estratégica dentro dos fluxos de trabalho também fomenta a produtividade dos colaboradores, reduz os índices de prejuízos na depreciação e obsolescência de maquinários, bem como eleva o faturamento final.

Quer saber mais sobre HaaS, sua relação com a IoT e quais as vantagens de contratar esse serviço nas empresas? Então, continue conosco neste post!

O que é hardware as a service? Como funciona?

O hardware como serviço representa uma alternativa gerencial já bastante aclamada por gestores que buscam a neutralização de diversas problemáticas atreladas à compra de computadores, servidores e celulares pelas empresas.

Essa modalidade de serviço constitui-se na locação de uma gama de recursos tecnológicos por determinado período de tempo (curto ou longo), conforme as necessidades de cada contratante.

Nesse sentido, toda a praça de hardwares indispensável para o bom fluxo de trabalho dentro das empresas deixa de ser preocupação de diretores e gestores. Isso porque, com a entrega — em até dois dias úteis — dos maquinários alugados, o fornecedor torna-se primariamente responsável pela eficiência, atualização e manutenção desses recursos.

Para isso, o Service Level Agreement (SLA) é o instrumento contratual de base celebrado entre fornecedor e locatário, o qual comumente dispõe, por exemplo, sobre multas a serem arcadas pela contratada caso os resultados esperados pela contratante não sejam alcançados após o início da locação dos hardwares.

Qual a relação do HaaS com a IoT?

A rápida conectividade entre diversos dispositivos eletrônicos e a possibilidade de armazenamento inesgotável de dados são os grandes motivadores do fenômeno IoT, na medida em que impulsionam a produtividade das empresas em todos os segmentos mercadológicos.

Assim, a existência de hardwares atualizados on-site é o elemento-chave para que essa interação ocorra de modo eficiente — do contrário, o uso de recursos tecnológicos nas empresas dificultaria o alcance de níveis de produtividade mais promissores.

Em tese, o acompanhamento dessa tendência poderia ser realizado por meio da compra de todo o maquinário necessário pelas próprias companhias. No entanto, a adoção dessa medida traduz, necessariamente, altos investimentos iniciais às empresas, rápida desatualização dos sistemas operacionais e gastos constantes com reparações preventiva e corretiva.

Por esse motivo, a contratação do HaaS é vista como uma excelente medida estratégica — já adotada por empresas de sucesso —, visto que permite a mensuração dos resultados produtivos e a transferência de toda a responsabilização de gerenciamento dos hardwares ao locador por meio dos SLAs.

Quais as principais vantagens do HaaS para as empresas?

Diante dessa nova dinâmica tecnológica provocada pelo IoT, os gestores precisam estar atentos a outras formas mais eficazes de redução dos custos operacionais e de inserção de estratégicas inovadoras para os negócios.

Nesse sentido, o HaaS atende a tais critérios, porquanto suplementa, à medida que necessário, novas demandas por notebooks, celulares e servidores on-site. Assim, conheça, na sequência, as principais vantagens desse serviço nas empresas!

Economia de custos operacionais

Gastos voltados para o treinamento técnico de TI dos colaboradores são bastante onerosos. Contudo, após a incorporação do HaaS na gestão empresarial, essa questão é eliminada porque o fornecedor fica incumbido de garantir o bom funcionamento dos aparatos tecnológicos locados durante toda a vigência contratual.

Assim, na eventual ocorrência de shutdown inesperado ou lentidão dos sistemas operacionais, por exemplo, os colaboradores não perdem boa parte do seu tempo de trabalho para encontrar soluções de problemas do gênero, pois são resolvidos rapidamente pelos locadores.

No entanto, além de um excelente suporte técnico, esses serviços também incluem a realização de monitoramentos remotos constantes sobre a performance dos hardwares alugados e seus respectivos softwares instalados.

Escalabilidade

O HaaS é moldado para atender com exatidão as demandas de cada empresa. Por isso, de modo simples e rápido, os contratantes podem decidir pela locação de novos maquinários sem que isso implique altos investimentos. Afinal, tais serviços são pagos como despesas operacionais.

Assim, à medida que os fluxos de trabalho e as receitas aumentam, a inclusão de novos aparatos direcionados ao crescimento estratégico pode ser feita sem a necessidade de empréstimos ou de descapitalização.

Suporte de qualidade e cobertura contra danos

A existência de equipes de TI altamente capacitadas para o pronto atendimento das empresas contratantes é também outra grande vantagem do HaaS. Dessa forma, problemas com a performance de hardwares são solucionados rapidamente e, a depender do locador, em horários especiais e personalizados! Tudo para que as atividades do negócio jamais sejam interrompidas.

Além disso, determinados fornecedores concedem opções de cobertura contra danos acidentais aos hardwares locados. Esse tipo facultativo de seguro elimina a responsabilidade financeira dos locatários em situações excepcionais e imprevisíveis.

Segurança

Ataques cibernéticos de dados corporativos, infelizmente, são comuns — o que, muitas vezes, representam perdas imensuráveis para as empresas. Nesse sentido, a utilização de hardwares e softwares seguros e constantemente atualizados é fundamental a fim de que o combate a tais violações seja administrado com eficiência.

Para isso, empresas prestadoras de serviços de locação têm como pilar básico o fornecimento apenas de maquinários que estejam de acordo com códigos internacionais de segurança, disciplinados por organizações renomadas em todo o mundo.

Flexibilidade contratual

A inclusão de multas nas hipóteses de rescisão antes do término normal do contrato é um dos maiores empecilhos de muitos gestores na hora de decidir pela adoção do HaaS nas empresas. Afinal, diante de um mercado significativamente instável, gastos extras são evitados ao máximo.

Assim sendo, alguns locadores detêm a missão e o compromisso de fomentar o crescimento das empresas de pequeno e médio porte. Nesses cenários, as contratantes ficam isentas de arcar com indenizações, caso venham a rescindir o contrato antecipadamente.

Portanto, a interação digital entre dispositivos eletrônicos tem alcançado patamares incomparáveis no mundo, influenciando a maneira como os dados corporativos e os fluxos de trabalho são atualmente geridos e realizados.

Como consequência natural, os serviços de locação de hardware são opções estratégicas que surgiram há alguns anos como forma de garantir a performance satisfatória desses recursos tecnológicos nas empresas.

Percebe como o hardware as a service já se tornou uma tendência no cenário corporativo? Se quiser obter mais informações sobre essa temática, assine a nossa newsletter e mantenha-se atualizado sobre tecnologias voltadas para o mercado B2B ou fale com um de nossos consultores agora no nosso CHAT ONLINE!