Com a grande quantidade de tecnologia inserida atualmente no parque tecnológico das empresas, é imprescindível que os gestores invistam em estratégias de monitoramento de hardware eficazes para tirar o maior proveito possível dos equipamentos.

Neste post, vamos apresentar os principais benefícios em realizar o monitoramento dos equipamentos de forma adequada e como esse processo pode aumentar o diferencial competitivo das empresas no mercado.

Quer saber quais são os benefícios de um monitoramento de hardware eficiente? Continue conosco!

Quais são os principais benefícios do monitoramento de hardware?

Sabemos que o setor de TI exerce um papel estratégico dentro das organizações, pois todos os processos são realizados tendo como base a tecnologia. Sendo assim, uma infraestrutura de TI bem planejada, em conjunto com um processo de monitoramento de hardware eficiente, podem fazer com que a empresa se destaque no mercado e esteja um passo à frente da concorrência.

São vários os benefícios em se realizar o correto monitoramento dos equipamentos de TI, e vamos citar aqui os principais deles. Confira!

1. Eficiência na realização do balanço patrimonial

Com a implantação de uma política de monitoramento de hardware, em vez de realizar manualmente o inventário dos ativos de TI, a empresa pode investir seus recursos em outras atividades.

Isso é possível, pois, com o monitoramento dos equipamentos, o processo de inventário de ativos da empresa é otimizado e são gerados relatórios gerenciais que apoiam o processo de auditoria. Esses relatórios asseguram que não há inconformidades com os dispositivos e, mesmo quando é identificada alguma inconformidade, a manutenção é realizada rapidamente, não afetando a elaboração do balanço patrimonial.

Se o monitoramento de hardware for realizado de forma pró-ativa, as chances de a empresa fazer uma declaração patrimonial incorreta diminui, reduzindo, assim, os custos com retificações.

2. Maior controle sobre os equipamentos

Com um monitoramento de hardware adequado, é possível ter um levantamento preciso sobre cada equipamento instalado no parque tecnológico da empresa. Com isso, pode-se rastrear automaticamente todos os ativos de TI, mantendo um controle centralizado e fornecendo informações em tempo real sobre os dispositivos da organização.

Por meio do levantamento de equipamentos realizado é possível saber qual é a real condição de uso do hardware, para quais setores ele está alocado, quando ele é utilizado, os processos em que ele está envolvido, entre outras informações valiosas para a gestão de TI.

Tendo um maior controle sobre os equipamentos, as empresas podem definir estratégias para a utilização adequada desses ativos, otimizando o uso do hardware e reduzindo custos operacionais.

3. Redução de custos

Sabemos que o custo de alguns equipamentos para as empresas é alto. Imagine só o quanto esse gasto pode aumentar se o equipamento for utilizado de forma incorreta ou o desperdício de recursos que ele trará para a companhia se for subutilizado!

O monitoramento de hardware garante que os equipamentos operarão conforme a configuração e parametrização indicadas, tendo seu funcionamento otimizado, aumentando sua vida útil e reduzindo os custos com energia elétrica e outros custos desnecessários.

Um monitoramento eficiente também reduz as despesas com equipamentos extraviados, perdidos ou danificados, já que o controle é centralizado.

4. Monitoramento estratégico e inteligente

Atualmente, os processos de monitoramento de hardware estão mais automatizados, não sendo necessário realizar tantos processos manuais como antigamente, que eram demorados, ineficazes e custosos.

O monitoramento é feito de forma mais inteligente, sendo realizado em tempo real e podendo ser programado remotamente, inclusive, sem a necessidade de parada de equipamentos. Isso aumenta a eficiência do processo e minimiza os impactos negativos nos negócios da empresa, pois diminui o tempo de inatividade e faz com que a companhia possa tomar decisões mais rapidamente, mantendo a disponibilidade dos serviços.

O monitoramento estratégico inteligente também auxilia a equipe de TI no momento da renovação de licenças de software e no acompanhamento do período de garantia dos equipamentos.

5. Aumento de produtividade

O monitoramento de hardware é essencial para que a produtividade da organização não seja prejudicada em horário de pico.

Com os equipamentos sendo monitorados é possível prever e contornar gargalos de processamento de servidores nos horários de maior consumo de recursos computacionais, sem falar de outros fatores que também afetam a produtividade da empresa como um todo.

O monitoramento de hardware contribui para que os equipamentos estejam funcionando com sua melhor performance durante todo o expediente, garantindo o aumento da produtividade da organização no que diz respeito às atividades realizadas com a ajuda de computadores e outras máquinas.

Fora do horário de expediente, a performance dos equipamentos pode ser reduzida, economizando recursos sem atrapalhar a produção.

6. Manutenção pró-ativa

Uma das vantagens do monitoramento de hardware realizado de forma remota é que ele pode estar ativo 24 horas por dia, todos os dias da semana. Com essa capacidade de monitoramento é possível que, no momento exato da irregularidade ou falha do equipamento, seja enviada uma notificação aos administradores de TI com os detalhes do ocorrido.

Assim, os responsáveis podem tomar as medidas necessárias para mitigar os riscos ou resolver completamente o problema no equipamento, de forma que não haja paradas nas atividades ou diminuição da produtividade.

O monitoramento realizado de forma pró-ativa garante que um problema não passe despercebido, fazendo com que, no futuro, a sua solução se torne de alto custo para a empresa.

Como fazer o monitoramento de hardware?

Para que a empresa não perca dinheiro com paradas de produção não programadas é necessário que a organização tenha uma política de monitoramento bem estruturada e conheça completamente o seu parque tecnológico.

O próximo passo é investir em ações pró-ativas de monitoramento para evitar desgastes ou subutilização de equipamentos.

Por fim, é importante ter uma equipe atenta aos relatórios e notificações resultantes do monitoramento dos equipamentos, para que eles possam agir antecipadamente ao problema.

Sem um monitoramento de hardware adequado, os problemas só são conhecidos depois que já houve danos para o empreendimento. Realizando um monitoramento eficiente, os ganhos para a empresa não são apenas econômicos, mas também operacionais, possibilitando que a equipe de TI se dedique a tarefas mais estratégicas para o aumento da competitividade da organização e crescimento dos negócios.

Vimos que o monitoramento de hardware gera vantagens estratégicas para as organizações alavancarem os seus negócios. Agora que você já é um especialista no assunto, que tal entender um pouco sobre como funciona a locação de equipamentos de TI? Vamos lá!