O outsourcing de TI chegou para ficar. Com o desejo das empresas de aumentar a competitividade e focar seus esforços no core business, a terceirização de serviços e equipamentos de TI tem se tornado cada vez mais comum. Todavia, antes de fechar qualquer contrato, você precisa saber como organizar o seu negócio.

Neste post, nós vamos mostrar o que é e qual o objetivo do outsourcing de TI, apontando os seus benefícios e as melhores práticas antes de implementá-lo na sua empresa. Saiba como planejar o modelo operacional, definir metas e estratégias, treinar sua equipe para garantir uma boa integração e muito mais.

Ficou interessado? Então, continue a leitura e confira mais detalhes!

O que é e qual o objetivo do outsourcing de TI?

A terceirização de serviços e equipamentos de TI é uma maneira de reduzir tempo e dinheiro gastos em infraestrutura e operações, abrindo espaço para a empresa dedicar mais recursos a iniciativas estratégicas de negócios.

O objetivo do outsourcing de TI é obter os melhores resultados possíveis com o menor custo. Pode ser a melhor opção para a sua empresa se ela:

  • requer uma equipe de TI altamente qualificada, mas não pode pagar uma;
  • não tem dinheiro para investir em TI no seu orçamento anual;
  • tiraria proveito da tecnologia mais recente, porém não possui o conhecimento necessário para implantá-la;
  • precisa de ajuda temporária.

Qualquer empresa que queira reduzir custos e focar em suas principais competências pode se beneficiar da terceirização de TI. O segredo é fazer isso de uma maneira que esteja alinhada com as metas gerais da companhia.

Quais os benefícios do outsourcing de TI?

Lembrando que todos contribuem para liberar recursos internos e redirecioná-los para demais oportunidades de crescimento da companhia, abaixo, confira algumas das principais vantagens da terceirização de equipamentos e serviços de TI:

  • acesso a profissionais com conhecimentos e habilidades de especialistas;
  • custos reduzidos resultantes de menos investimentos de capital e requisitos de pessoal, menos despesas gerais, quedas de preço por volume e opções de leasing;
  • acesso sob demanda às tecnologias mais recentes;
  • maior nível de serviço, conforme definido no contrato;
  • despesas previsíveis de planos e modelos de precificação baseados em assinatura;
  • maior foco e acessibilidade à tecnologia permite lançar novos produtos no mercado com muito mais rapidez.

Como preparar a sua empresa para isso?

Contratar um outsourcing de TI exige o mesmo cuidado que você teria ao escolher fornecedores de qualquer outro tipo de serviço ou recurso de tecnologia: avaliações cautelosas, investigação de eficiência, comparações e diversas outras práticas.

A seguir, apresentamos algumas dicas fundamentais para você não errar na hora de fechar negócio com uma empresa especializada em prover serviços e equipamentos de TI. Confira!

Faça uma boa pesquisa

Um dos principais benefícios do outsourcing de TI é ter acesso a profissionais qualificados e a uma boa infraestrutura com um custo de contratação bem menor. Mas, para garantir isso, é fundamental contratar apenas empresas especializadas e com larga experiência na execução desse tipo de serviço.

Antes de contratar qualquer provedor, é preciso localizar as demandas dentro da sua própria empresa. Em seguida, pesquise entre as várias opções disponíveis no mercado a respeito do serviço específico que você procura. Por fim, mantenha um diálogo constante com sua equipe de TI, mantendo seus membros cientes de todo o processo pelo qual a companhia está passando.

Converse antes de assinar qualquer contrato

Depois de pesquisar pelos provedores de serviços que você necessita, o próximo passo é entrevistá-los — de preferência, cara a cara. Algumas das possíveis perguntas que você pode fazer são:

  • Há quanto tempo você está no negócio?
  • Quais os tipos de contratos de garantia e/ou manutenção que você oferece?
  • O que você acha que dá à sua empresa uma vantagem competitiva sobre as demais?
  • Com quais outros tipos de pequenas empresas você trabalha?
  • Se eu tiver um problema, qual é o tempo médio de resposta?

Depois de entrevistar cada candidato, será mais fácil restringir sua lista. Caso não fique satisfeito com nenhuma das opções, não tenha medo de reiniciar o processo — o ideal é delimitar suas alternativas a, no máximo, três provedores.

Após essa etapa, peça para cada um apresentar suas propostas. Depois de analisá-las, reserve algum tempo para fazer as perguntas finais que você possa ter. O último passo é realizar verificações de referência e aceitar uma proposta.

Dedique atenção especial ao Acordo de Nível de Serviço

Um ponto crucial dos contratos de outsourcing de TI é o estabelecimento do SLA (Service Level Agreement ou Acordo de Nível de Serviço). Esse documento especifica as responsabilidades da empresa terceirizada, determinando, por exemplo, normas sobre a política de dados e de segurança da informação.

Se alguma cláusula do contrato for desobedecida, o SLA prevê também multas para a empresa contratada. Assim, sua companhia consegue não apenas estabelecer padrões para as atividades realizadas pela terceirizada, mas também reduzir os possíveis custos em decorrência de imprevistos.

Providencie a integração entre as equipes de TI

A chegada de profissionais especializados não significa que a sua equipe interna de TI deva parar de adquirir especialização. Para que o desempenho e a velocidade dos serviços melhorem de fato, é vital que os funcionários da sua empresa saibam como trabalhar e tirar proveito dos serviços terceirizados. Essa integração pode ser facilitada por práticas como o TI Bimodal e o DevOps.

Terceirize apenas o que não for seu core business

Antes de realizar um contrato de terceirização de TI, identifique as atividades que podem ser beneficiadas por mão de obra e infraestrutura mais especializadas e que não precisam de um acompanhamento próximo.

Para reduzir os riscos tomados ao terceirizar algo dentro da sua companhia, uma boa opção é contar com os serviços de uma consultoria, de modo a manter um controle mais próximo do seu core business.

Você não deve substituir completamente a sua equipe de TI, já que terceirizar os principais serviços da empresa pode acarretar em problemas. A fim de cortar gastos, muitas companhias começam a dispensar membros da equipe prévia após contratarem uma empresa terceirizada — o que pode causar insegurança nos funcionários e uma consequente precarização dos serviços.

Viu só como é importante preparar a sua empresa antes de contratar um outsourcing de TI? Se você deseja saber mais sobre esse assunto ou planeja alugar equipamentos de TI, entre em contato com a gente hoje mesmo! Estamos prontos para ajudá-lo no que você precisar!