Os servidores transformaram a forma como as empresas operam e, com a redução de custos e a melhoria da eficiência, nunca houve um momento melhor para começar a usar esse recurso em sua empresa. Mas qual você deveria escolher?

Com um grande número de tipos de servidores para escolher, pode ser uma tarefa difícil entender suas opções e, em seguida, fazer a escolha certa. Você deve ter um servidor local ou um baseado em nuvem oferecerá o melhor serviço para sua empresa? E como a virtualização pode tornar sua escolha de servidor ainda mais flexível?

É sobre isso que falaremos neste artigo. Quer conferir? Continue a leitura!

Hospedagem compartilhada

A hospedagem compartilhada é a primeira preferência para muitos profissionais de TI e proprietários de pequenas empresas. Na verdade, a maioria dos sites em que você se encontra se beneficia desse tipo de plataforma. Embora haja muitas vantagens para essa solução, há algumas desvantagens às quais você precisa estar alerta também.

Vantagens

  • Baixo custo: a rentabilidade é a maior vantagem da hospedagem compartilhada. Como você compartilha o espaço do servidor com outros usuários, o provedor é capaz de obter lucros e fornecer um serviço mais barato.

  • Simplicidade: na hospedagem compartilhada, o host mantém o servidor e o hardware associados em seu data center. Eles oferecem conectividade e gerenciam todo o trabalho administrativo complexo do servidor. Esta é uma solução adequada para quem não tem o know-how ou mão de obra para executar um servidor ou simplesmente precisa se concentrar nos aspectos vitais de seus negócios.

Desvantagens

  • Desempenho: o desempenho também pode ser um problema. Por exemplo, se você está tendo um tráfego moderado em seu site, e outro usuário que também está usando seu provedor de hospedagem compartilhada experimenta um aumento súbito de tráfego, o desempenho de sua página pode ficar mais lento.

  • Segurança: provavelmente, o maior aspecto crítico na hospedagem compartilhada é a segurança. Qualquer elemento sensível pode causar falhas no servidor, que pode trazer todos os tipos de caos e problemas de segurança.

Para quem é recomendado

A hospedagem compartilhada pode ser ótima para sites que não recebem muito tráfego (ainda), sites estáticos, de desenvolvimento e teste, pessoais e outros em que o tempo de atividade não é um grande problema.

Esse tipo de servidor também é uma ótima opção se você estiver com um orçamento muito apertado. Ele permite que as empresas criem uma presença na Web, mesmo que não estejam na melhor posição para fazê-lo.

Servidor VPS

O VPS — ou servidor virtual privado — é um servidor virtualizado. Ele conta com um software de virtualização, chamado hipervisor, para abstrair recursos em um servidor físico e fornecer aos clientes acesso a um servidor emulado, chamado de máquina virtual. Cada máquina virtual executa um sistema operacional completo e restringe o acesso a uma parte dos recursos de computação, memória e armazenamento do servidor físico.

Vantagens

  • Desempenho: o desempenho do VPS é sensivelmente maior que o servidor compartilhado e um pouco menor que o servidor dedicado. Como ele aloca uma quantidade de recursos em termos de uso da CPU, memória e RAM, a virtualização funciona melhor para sites de pequeno e médio porte.

  • Segurança: como os servidores individuais são separados entre si, cada site recebe seu próprio sistema operacional e recursos. Isso dificulta que outro servidor invada a segurança.

Desvantagens

  • Manutenção: a principal desvantagem desse sistema é seu problema de manutenção. Como cada site tem seu próprio sistema operacional e outros softwares, é muito difícil para o host manter todo o sistema operacional e garantir o máximo de tempo de atividade.

  • Gerenciamento: às vezes, o provedor de hospedagem não fornece os recursos alocados. Isso ocorre porque na maioria das vezes o servidor virtual não usa todos os recursos. Torna-se difícil gerenciar o servidor virtual durante o tráfego grande ou inesperado, pois a maior parte dos recursos de tempo é tomada com base nos requisitos mínimos.

Para quem é recomendado

Se a sua empresa pretende fazer um investimento mais robusto, é recomendada a atualização para o VPS. Embora seja mais caro, até mesmo o nível mais baixo geralmente é muito melhor do que qualquer solução de hospedagem compartilhada.

Caso o seu tráfego comece a aumentar, você deve fazer essa transição. No entanto, não se esqueça de verificar os detalhes do que você está recebendo para que você saiba exatamente o que precisa.

Servidor dedicado

Basicamente, um servidor dedicado é um tipo de servidor remoto inteiramente dedicado a um indivíduo, organização ou aplicativo. Ele é implantado, hospedado e gerenciado por uma hospedagem, nuvem ou provedor de serviços gerenciados (MSP).

Esse tipo de servidor é exclusivo, então não é compartilhado com nenhum outro cliente, serviço ou aplicativo.

Vantagens

  • Flexibilidade: você tem seu próprio servidor dedicado, o que significa que você pode usá-lo como quiser. Você pode instalar programas como e quando precisar, o que lhe dá maior flexibilidade em comparação a um servidor compartilhado.

  • Segurança: servidores dedicados são muito seguros, porque não são compartilhados com vários clientes. Isso significa que muitos riscos potenciais são eliminados. Por exemplo, se uma conta foi invadida em um servidor compartilhado, o restante das contas nesse servidor poderia ser invadido.

Desvantagens

  • Usabilidade: servidores dedicados podem ser difíceis de se entender se você não tiver experiência em usar servidores. Será necessário conhecimento técnico para instalar software, manutenção diária e outras tarefas necessárias que estão sob seu controle.

  • Controle: apesar de estar no controle de seu próprio servidor, há também riscos de erros, como a exclusão de informações importantes. O monitoramento diário é necessário para procurar erros acidentais.

Para quem é recomendado

Atualmente, se você estiver lidando com um site com tráfego intenso, usar um servidor dedicado é uma das melhores opções. Assim, quando você compra esse tipo de servidor, obtém uma melhor largura de banda, com um melhor espaço.

Além disso, em um servidor dedicado, você receberá servidores inteiros com melhor CPU, RAM e espaço em disco conforme suas necessidades.

Cloud hosting

Os serviços de hospedagem na nuvem fornecem hospedagem em servidores virtuais, que extraem seu recurso de computação de extensas redes subjacentes de servidores da Web físicos.

Geralmente, os clientes podem acessar seus serviços o quanto precisarem, dependendo de suas necessidades em qualquer estágio. Isso pode resultar em economia de custos, pois eles só precisam pagar pelo que usam e, como podem acessá-lo a qualquer momento, não precisam pagar por capacidade adicional.

Vantagens

  • Escalabilidade: a principal vantagem da hospedagem em nuvem sobre as tecnologias que a precederam e as alternativas atuais é a facilidade de escalabilidade. Isso permite flexibilidade para escalar rapidamente para lidar com surtos de tráfego inesperados.

  • Performance: a hospedagem na nuvem oferece maior escalabilidade, além de oferecer melhor desempenho. Isso porque, além da capacidade aumentada que leva a uma maior disponibilidade para seus clientes, também permite o balanceamento de carga em vários servidores.

Desvantagens

  • Tempo de inatividade: isso depende do tipo de nuvem que hospeda sua escolha, mas certamente para as empresas de hospedagem em nuvem que talvez sejam revendedores ou não sejam particularmente abrangentes em sua configuração, o tempo de inatividade pode ser um problema.

  • Acessibilidade: como sua infraestrutura de hospedagem na Web está na nuvem, seu acesso aos dados depende do acesso à Internet. Geralmente, o acesso à Internet não é difícil de encontrar, mas ainda levanta a possibilidade de sua capacidade de manter seus dados e site sendo amarrado à confiabilidade do seu provedor de serviços de internet.

Para quem é recomendado

Os sistemas de nuvem são ótimos se você quiser dimensionar seu site muito além dos sistemas tradicionais. No futuro, provavelmente substituirá opções compartilhadas e dedicadas à medida que a tecnologia se tornar mais avançada.

Dito isso, neste ponto, não faz muita diferença se você procura por VPS ou hospedagem na nuvem. Muitas empresas estão substituindo seu sistema regular por um VPS baseado na nuvem, simplesmente devido aos benefícios que ele oferece também. Então, mesmo se você optar por um VPS simples, talvez esteja usando o cloud hosting sem saber.

Concluindo, escolher um pacote de hospedagem pode ser uma tarefa complexa, e muitos fatores devem ser levados em consideração. No entanto, o primeiro passo é entender os diferentes tipos de servidores disponíveis no mercado e saber qual é o mais adequado para o contexto em que sua empresa está no momento.

Sua empresa já utiliza alguns desses tipos de hospedagem? Compartilhe sua experiência conosco, comentando logo abaixo!