Com a explosão da tecnologia da informação, as empresas adotaram uma infinidade de dispositivos eletrônicos para otimizar e automatizar processos nos negócios. Quando esses produtos tiverem sobrevivido à sua vida útil, eles devem ser reciclados de maneira ambientalmente responsável, em conformidade com todas as regulamentações legais para reciclagem de lixo eletrônico.

É provável que todas as empresas tenham lidado com o lixo eletrônico de uma forma ou de outra. Talvez um dos seus dispositivos eletrônicos tenha quebrado, você tenha adquirido uma versão mais nova e não há mais necessidade do antigo, ou talvez você tenha mantido o modelo original o quanto pôde, mas finalmente ele ficou obsoleto demais para usar com a tecnologia atual.

Para lidar com o descarte de lixo eletrônico na empresa de forma eficaz e ambientalmente consciente, existem algumas práticas inteligentes e apropriadas. Confira neste artigo!

A importância do descarte correto de eletrônicos

Computadores antigos, monitores, teclados, impressoras, TVs, telefones celulares e outros dispositivos eletrônicos conhecidos como “lixo eletrônico” contêm chumbo perigoso, mercúrio, arsênico, cádmio e muito mais. Muitos desses metais compreendem placas de circuito e peças elétricas, como chips de computador, monitores e fiação.

Muitos eletrônicos também incluem produtos químicos retardadores de chama que podem representar riscos potenciais à saúde caso sejam expostos. Quando esses elementos são encapsulados com segurança em nossos computadores e dispositivos, os perigos do lixo eletrônico não são problemáticos.

No entanto, quando os dispositivos quebram, intencional ou acidentalmente, eles podem vazar e contaminar o ambiente ao redor. Isso pode acontecer em um aterro ou nas ruas dentro de uma região cheia de trabalhadores em dificuldades.

Com o tempo, os produtos químicos tóxicos do lixo eletrônico de um aterro podem infiltrar-se no solo, possivelmente entrando no suprimento de água ou escapando para a atmosfera, afetando a saúde das comunidades vizinhas.

A sustentabilidade pode fornecer grandes benefícios para um negócio, incluindo redução de custos e fidelização de clientes e funcionários. Mas reivindicar práticas sustentáveis é difícil se você não lida efetivamente com o lixo eletrônico. Sejam computadores ultrapassados, sejam smartphones desatualizados, baterias recarregáveis esgotadas ou equipamentos de rede obsoletos, muito lixo eletrônico é mal tratado.

O que fazer com o seu lixo eletrônico

Suas três principais opções são reparar, reciclar ou devolver equipamentos antigos ao fabricante. Mas lembre-se de que, antes de seguir as alternativas de descarte para um PC ou dispositivo móvel, primeiro você precisará limpar a memória deles para garantir que ninguém terá acesso aos seus dados corporativos. Feito isso, vamos às soluções!

Reparo ou doação

Parceiros especializados podem informá-lo se determinado item eletrônico pode ser reparado ou não. Reparar seus componentes eletrônicos ajuda a reduzir a oferta e a demanda por novos produtos e mantém mais um item potencialmente fora do descarte.

Se ele não puder ser reparado ou isso não valer a pena para você, outra ótima opção é a doação. Enquanto o produto estiver em boas condições, considere dar a ONGs ou organizações necessitadas.

Reciclagem

Reciclar o lixo eletrônico ajuda a recuperar importantes recursos naturais, como prata e ouro, para reutilização e diminui a necessidade de mineração de superfície para novos metais. Reciclar é uma solução melhor e mais ecológica de tirar metais de produtos existentes.

Locação de notebooks, computadores e smartphones - Saiba como fazer o descarte de lixo eletrônico da empresaPowered by Rock Convert

Primeiro, verifique se o fabricante do seu dispositivo levará o produto de volta. Os programas de devolução estão se expandindo lentamente, e várias empresas já viabilizam a devolução de equipamentos quando eles estão obsoletos.

Algumas delas recuperam alguns dos seus dispositivos eletrônicos antigos, podendo ser cobrada uma pequena taxa para devolver o item. A partir daí, seu lixo eletrônico pode ser reciclado pelo fabricante ou recondicionado para uso futuro.

Além disso, existem inúmeras empresas de reciclagem locais e nacionais que terão todo o prazer em receber o seu lixo eletrônico, seja gratuitamente ou por uma taxa nominal. No entanto, você deve sempre procurar saber sobre a reputação de qualquer negócio para garantir que ele faz o descarte dos resíduos de maneira ética e responsável.

Devolução ao fabricante

Diversos fabricantes, como Dell, Apple e HP, oferecem programas de devolução de produtos. Os critérios de devolução específicos variam de acordo com o fornecedor. Por isso, revise os programas cuidadosamente.

A maioria das empresas no Brasil já está investindo em programas de logística reversa, desde fabricantes e supermercados até universidades e organizações governamentais. Os produtos coletados costumam passar pelo processo de recondicionamento, reutilização e destinação correta após o término de seu ciclo de vida.

Em geral, existem dois métodos principais para a eliminação de lixo eletrônico a partir da logística reversa:

  • troca do dispositivo pelo modelo mais recente — isso é comum com smartphones, já que são pequenos e fáceis de transportar. O processo é conveniente também para os fornecedores e os fabricantes dos dispositivos;

  • eventos de “retorno” — são melhores para dispositivos que não são prontamente trocáveis em sua forma atual.

O aluguel de equipamentos como solução

Se você está planejando usar um equipamento eletrônico específico por um período limitado de tempo, seria uma boa ideia alugá-lo em vez de comprá-lo.

Por exemplo, se sua empresa tem uma grande força de trabalho remota, naturalmente, os funcionários precisam de celulares corporativos e/ou tablets para executar as tarefas em campo. Para otimizar a gestão desses aparelhos, nada melhor que contar com um parceiro especializado em outsourcing de dispositivos móveis.

O aluguel de equipamentos é uma opção econômica e ecologicamente correta, pois você só precisa pagar pela duração da locação no lugar de comprar o equipamento imediatamente e depois deixá-lo envelhecer após o uso. Soluções como a computação em nuvem também podem auxiliar na redução do lixo eletrônico, uma vez que minimizam a necessidade de recursos como os servidores físicos.

Os resíduos eletrônicos apresentam uma oportunidade para as organizações recuperarem parte de seus investimentos e até demonstrarem um compromisso com a conscientização ambiental. Apenas certifique-se de usar as saídas adequadas e de que seus serviços preferidos operam de maneira ecológica e responsável.

Em resumo, gerenciar o descarte de lixo eletrônico na empresa de forma inteligente é fundamental para a sustentabilidade de um negócio. Fazê-lo de forma apropriada, além de ajudar na proteção do meio ambiente, proporciona outros benefícios para a empresa.

Agora que você já tem todas as indicações de como fazer o descarte corretamente, continue em nosso blog e aprenda a calcular a vida útil dos equipamentos eletrônicos da sua empresa!