Alugar equipamentos eletrônicos é uma solução que permite resolver questões financeiras e operacionais da empresa, além de trazer outros benefícios estratégicos para o negócio. O que muitos não sabem é que a locação de computadores abre a possibilidade para a dedução de 100% das despesas no Imposto de Renda Pessoa Jurídica, que é declarado a cada trimestre (no final de março, junho, setembro e dezembro) ou anualmente.

A vantagem fiscal é válida apenas para empresas que declaram com base no complexo regime de Lucro Real, excluindo-se do benefício os optantes pelo Simples Nacional e Lucro Presumido (nestes casos, a empresa paga o imposto de renda sobre o faturamento, por isso o aluguel das máquinas não teria impacto).

O IRPJ, que é calculado de acordo com o regime de tributação da empresa, deve ser pago por todas as empresas, incluindo as individuais e não formais. Diante de tantas obrigações que o Fisco e o Governo impõem ao longo do ano, é sempre bom aproveitar qualquer benefício que minimize estes custos.

Dentro do Lucro Real, a companhia que faz a opção pela locação de computadores tem mensalmente esta despesa dedutível. Ela é abatida do resultado e consequentemente da tributação, imposto de renda e contribuição social, que é calculada sobre o lucro efetivo. No final deste processo, o IR tende a ser menor.

Neste cenário, se o equipamento for utilizado na atividade fim da empresa, é possível obter um crédito de 1,65% para PIS, 7,6% para Cofins, e dedução no IRPJ e CSLL (15% e 9%). Se o computador não fizer parte do serviço final oferecido pela companhia, o empresário consegue abater somente as porcentagens relativas ao Imposto de Renda Pessoa Jurídica e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido.

Powered by Rock Convert

Com o imposto de renda menos pesado, é aconselhável olhar para áreas de negócio que exigem mais atenção ou que são prioritárias para um avanço no mercado. Ter equipamentos que atendam à demanda de projetos, evitem custos extras e liberem capital para investimento em outras áreas mais importantes para a empresa também é importante para manter os saldos positivos. Um contador é o profissional mais indicado para auxiliar o empresário a seguir as melhores estratégias e tomar decisões definitivas.

Dependendo do seu modelo de negócio, por que não alugar computadores, simplificar os processos de manutenção e ainda abater um valor da base de cálculo do Imposto de Renda Pessoa Jurídica? Não significa que você deva sair por aí alugando todo o maquinário necessário. Esta decisão, como todas que envolvem o andamento da empresa, precisa ser pensada estrategicamente. Uma das possibilidades é locar computadores sob demanda, um serviço oferecido por diversas empresas de confiança, que garante uma redução de custos e ainda abre espaço para um processo de modernização interna, caso seja necessário.

De forma geral, investir em equipamentos de TI envolvem gastos significativos e nem sempre totalmente planejados. Daí a relevância de encontrar as soluções ideais para a demanda da empresa. Se no meio do caminho houver vantagens tributárias envolvidas no processo, melhor ainda. Por isso, em conjunto com o seu time de profissionais de contabilidade, vale a pena calcular o que é mais vantajoso para o momento e quais são os seus objetivos.

Antonio Francisco Peroni, superintendente da Seteco Consultoria Contábil (https://www.seteco.com.br)

Técnico em contabilidade, graduado em Administração, pós-graduado em Análise de Sistemas de Empresas e MBA em Gestão Empresarial. Atua há 30 anos no desenvolvimento e consultoria de sistemas de gestão (ERP) para os segmentos contábil e corporativo na Seteco.